ENCONTRO MUNDIAL DOS JOVENS VERDES
Publicado em 28/04/2008
Maurício Brusadin

São nas crises que as oportunidades aparecem, e não a nada mais poderoso que uma idéia cujo momento chegou, o Aquecimento Global aumentou nossas responsabilidades, iniciamos este convite com uma fala de Luther King, pois o silêncio que paira em nossa sociedade nos exige uma profunda reflexão, acreditamos que só a Juventude poderá desfazer os nós de nossas gargantas e através do seu grito acordar os cidadãos para um novo modo de fazer política e para um outro processo civilizatório, no qual os seres humanos e a natureza possam encontrar a harmonia necessária em busca da felicidade.

Diante dos desafios que o Terceiro Mil√™nio traz consigo, um dos mais preocupantes √© a supera√ß√£o da crise por que passa a democracia representativa e com ela a participa√ß√£o dos jovens na vida pol√≠tica. Se hoje constatamos uma progressiva ocupa√ß√£o do mercado nas decis√Ķes pol√≠ticas e, atrelado a estas, os interesses econ√īmicos que se camuflam em torno do aparelho estatal, levando consigo um modelo baseado na substitui√ß√£o do ser pelo ter, conduzindo nossa civiliza√ß√£o ao falso dilema de que nossa felicidade esta atrelada ao consumo de bens materiais, acarretando a amplia√ß√£o do uso de recursos naturais, colocando em risco a vida na Terra, √© urgente que n√≥s jovens concentremos for√ßas para estabelecermos e criarmos alternativas frente aos novos paradigmas por que se passa nosso Planeta.

O momento por que passamos traz √† mem√≥ria a historia de louco que procura uma chave perto do poste de luz; quando lhe perguntam por que procurar ali, se ele tinha perdido a chave num canto escuro, ele responde ‚ÄúMas √© mais f√°cil procurar onde est√° claro!‚ÄĚ. N√£o √© ironia definitiva o fato de os tecnocratas pregarem a fal√™ncia do modelo democr√°tico em nome da governabilidade, colocando a vontade popular em segundo plano. O que se parece constrangedor √© o fato de aceitarmos que n√≥s, jovens do mundo, fiquemos totalmente dependentes das autoridades para saber o que esta ocorrendo, ou seja, nada vemos nem ouvimos, tudo o que sabemos j√° foi decidido, ferindo os princ√≠pios democr√°ticos. Para fazer um paralelo com a hist√≥ria do louco, todos n√≥s, sejam os jovens ou intelectuais, insistimos em procurar a solu√ß√£o para sairmos da crise democr√°tica dentro das formas propostas h√° s√©culos, ou seja, procuramos a solu√ß√£o onde est√° claro, mas dificilmente, encontraremos, se esfor√ßos n√£o forem despendidos, para nos apontarem o ‚Äúlugar‚ÄĚ correto onde nos perdemos.

Tendo a crise da Democracia como ponto de partida, e a aparente apatia da Juventude nos processos de participa√ß√£o pol√≠tica, n√≥s jovens verdes do Brasil temos a honra de convidar os Jovens Verdes do Planeta para discutirmos nosso futuro comum, ap√≥s discutirmos exaustivamente sobre qual tema deveria permear nossas discuss√Ķes no Encontro, chegamos a conclus√£o que o momento exige um amplo debate sobre a participa√ß√£o dos jovens na Pol√≠tica, com esse intuito propusemos que nossa reuni√£o tenha como eixo central ‚ÄúA Participa√ß√£o dos Jovens Verdes na Pol√≠tica: Impactos e Perspectivas‚ÄĚ, acreditamos que o tema em quest√£o abrir√° caminhos para tentarmos elucidar os instrumentos de controle do poder pol√≠tico e buscar solu√ß√Ķes frente as reformas pelas quais o Estado passou e que n√£o foram acompanhadas por mecanismos de controle mais efetivos, ou seja, o que √© not√≥rio, ao nosso ver, √© que cabe a n√≥s Jovens alertar a toda a sociedade que existe um descompasso entre as moderniza√ß√Ķes econ√īmicas do aparelho Estatal frente √† perman√™ncia de estruturas arcaicas de controle de poder e, infelizmente este descompasso fere os valores centrais defendidos pelos Verdes do mundo todo, ou seja, a liberdade, a igualdade e a supremacia da vontade popular. N√≥s Jovens Verde do Planeta devemos nos organizar para mostrar aos cidad√£os que √© poss√≠vel e necess√°rio utilizar os novos mecanismos do Estado que tornam o Governo mais eficiente e, ao mesmo tempo, construir um espa√ßo de cidadania plena de determina√ß√£o do exerc√≠cio de poder pol√≠tico feito pelo povo em nome da sustentabilidade.

Esperamos que atrav√©s das experi√™ncias que trocaremos ao longo do Encontro, encontremos caminhos para derrubar o muro criado entre juventude e pol√≠tica, fazer pol√≠tica para a maioria dos jovens passou a representar um dem√©rito, n√£o conseguiremos promover nenhuma mudan√ßa se n√£o resgatarmos em nossos jovens o sonho coletivo de que outro mundo √© poss√≠vel, como todos sabem, a melhor maneira de prever o futuro √© invent√°-lo, engajar-se na luta pelos direitos das futuras gera√ß√Ķes √© a forma que temos para construir este sonho, sabemos que essa n√£o √© uma tarefa f√°cil, os maus exemplos oriundos dos pol√≠ticos tradicionais, que s√≥ enxergam seus interesses privados, tem reduzido as esperan√ßas da nossa popula√ß√£o, mas uma ave deve voar, mesmo que o c√©u esteja cheio de abutres.

Sejam bem vindos!
Um fraterno Abraço
Maurício Brusadin
Secret√°rio Nacional da Juventude ‚Äď Brasil
www.greens.pvsp.org.br

Voltar
 
 Leia mais
› Senadora Marina Silva‏
› Encontro com Marina Silva
› Agricultura Familiar‏
› Agroind√ļstria Familiar‏
› A Import√Ęncia da Agroecologia para o Planeta Terra
› Agroneg√≥cio, um modelo esgotado‏
Veja mais artigos »»»
Topo  Voltar
www.projetovidanocampo.com.br
© Copyright 2019 - All Rights Reserved
Hozt Internet | Hospedagem e Web Design